Libido: descubra como funciona o bichinho do tesão

O que é libido

A libido é o desejo sexual e manifestação da nossa sexualidade. Ela indica o impulso ou interesse sexual de alguém e a busca por satisfação, sendo influenciada por fatores biológicos, psicológicos, sociais e ambientais.

Por isso, a libido é uma experiência subjetiva, já que cada pessoa pode sentir de uma maneira diferente. Pra algumas, a falta de libido é completamente normal, enquanto pra outras, o desejo pelo sexo é ardente! 🔥

No post de hoje, eu te explico um pouco mais sobre esse bichinho tão interessante que nos deixa com tesão, como ele funciona, causas da baixa ou alta libido e como reacender a chama aí dentro. Vem comigo!

Entendendo o que influencia o desejo sexual

Pra início de conversa, o desejo sexual não se trata de uma “simples” ereção ou tesão. Ele não é inato e sofre de diversas interferências¹, que fazem com que as pessoas lidem com esses impulsos de formas distintas.

As alterações hormonais, afetadas pela produção de testosterona, nos impactam no quesito biológico e químico das reações sexuais. Mas os vínculos afetivos, sexuais e como nos relacionamentos com as pessoas, também influenciam nesse desejo.

Além disso, o estado emocional, que envolve a nossa satisfação com a vida, social e profissional, também impactam na libido. Por isso, pode ser muito vantajoso procurar formas de relaxamento pra recuperar o tesão ou melhorar a performance, porque a ansiedade também nos trava e nos impede de aproveitar o gozo.

Por conta disso tudo, os que motiva uma pessoa a engajar sexualmente com outra ou a forma que ela lida com a própria sexualidade é muito variável. Pra cuidar da saúde sexual e encontrar um equilíbrio no desejo é preciso olhar pra outras áreas da vida.

Por que a libido feminina é “diferente” da masculina?

A libido feminina é afetada por todas as questões anteriores, mas pode sofrer maior alteração, em comparação à masculina, devido ao ciclo menstrual e à produção de hormônios sexuais: a testosterona e o estrogênio.

Como o ciclo menstrual é uma montanha-russa hormonal, quem menstrua sofre um pouco mais com a oscilação do desejo sexual 😢. Nas fases de ovulação, menstruação e pós-menstruação, os níveis dos hormônios sexuais continuam elevados e o tesão bate forte!

Nesse momento, também acontece um aumento da lubrificação natural e vascularização do clitóris, então é a hora perfeita pra chegar a orgasmos com mais facilidade. Então, é só agarrar sua parceria ou tirar o vibrador da gaveta!

Porém, quando a produção de progesterona, hormônio envolvido no processo de gestação, volta a aumentar lá na fase lútea, é aí que o bicho pega: a libido vai lá pro chão². Mas, cada gestante sente esses efeitos de uma maneira, tanto pra mais, quanto pra menos.

Agora que você já sabe como funciona a libido e as questões que impactam o seu impulso sexual, está na hora de descobrir o que fazer com todas essas informações! Então, bora lá entender o que fazr pra aumentar esse desejo! 🔥

Fatores que diminuem a libido

O que causa a libido baixa?

Além desses fatores hormonais, existem outros motivos pra baixa libido. Como o desejo sexual é afetado por questões emocionais, sociais e ambientais, os níveis desse impulso podem ser influenciados por:

  • Estresse, depressão ou ansiedade;
  • Sono irregular;
  • Crises no relacionamento;
  • Anticoncepcional;
  • Efeitos colaterais de medicamentos;
  • Abuso de álcool, cigarro e outras drogas;
  • Menopausa;
  • Gravidez ou lactação.

Por isso, se você tá passando por uma fase de libido baixíssima, pode procurar um ginecologista ou psicólogo pra identificar as razões e encontrar o melhor tratamento. Alteração de doses de medicamentos ou fisioterapia, por exemplo, podem ser alternativas sugeridas.

Quando a libido volta após o parto?

O desejo sexual pode demorar até um ano pra voltar aos níveis anteriores à gravidez. É normal que, mesmo após os 40 dias do resguardo, muitas mulheres continuem sem sentir vontade de transar.

A queda na produção de estrogênio impacta e muito a libido na gravidez. Mas, com a volta da menstruação, tudo tende a se reequilibrar! Então, dê tempo ao tempo e invista mais em beijos, carícias e toques, até recuperar a lubrificação e o tesão.

A fisioterapia pélvica pode ser uma grande alternativa pra minimizar as disfunções sexuais no puerpério, por fortalecer a musculatura pélvica, melhorar o autocuidado e confiança nas mulheres.

É normal a libido diminuir depois da menopausa?

Como no climatério acontece a diminuição na produção de testosterona, estrogêneo e progesterona, a queixa da baixa da libido é muito comum³. Além disso, os fatores psicológicos desse nova fase, relacionados ao estresse e baixa autoestima, também impactam no desejo sexual.

Eu e a equipe da Dona Coelha fizemos um post bem explicativo sobre como recuperar a libido na menopausa. Pra tudo têm solução e você não pode ficar de fora de explorar o prazer em todas as fases da vida!

Dicas para aumentar a libido

Como aumentar o desejo sexual?

Se você tá passando por um período de fogo brando, com falta de vontade de fazer sexo, não precisa se preocupar! Existem formas naturais de recuperar a libido e eu vou listas apenas algumas delas:

  • Invista nas suas fantasias e sex toys: estimule a criatividade e dê asas a sua imaginação com livros, podcasts e brinquedos eróticos pra atiçar os desejos;
  • Aumente o tesão por você mesma: tire um tempo pra autocuidado e conhecer o que te traz satisfação (pode ser uma skincare, uma lingerie sensual, ou algo que saia da rotina);
  • Coloque comidas e chás afrodisíacos no prato: alimentos com vitaminas do complexo B, ômega 3, maca peruana, gengibre e ginseng são ótimas pedidas pra tratar disfunções sexuais! Eles são aliados da produção hormonal e melhoram a circulação sanguínea;
  • Faça fisioterapia pélvica ou pompoarismo: sim, fortalecer o assoalho pélvico aumenta a libido! Os exercícios de contração potencializam a circulação sanguínea, intensificam a lubrificação e sensibilidade local⁴;
  • Aposte nas preliminares pra recuperar o fogo no rabo: pra recuperar o tesão aos poucos, aposte nos beijos quentes, dirty talk, preliminares, no oral, toques íntimos, masturbação e sinta todas as sensações gostosas com a sua parceria até reacender a chama aí dentro!

Viu só como alguns hábitos simples podem potencializar a sua qualidade de vida? Pra você descobrir todos os detalhes de como aumentar a libido, fique de olho no blog da Dona Coelha! Por aqui, você encontra dicas de ouro pra melhorar o seu bem-estar, qualidade de vida e saúde sexual!

Até a próxima! 👋🐰

REFERÊNCIAS:

[1] ANDRADE-SILVAI, Maria do Carmo de. Olhares sobre o desejo sexual. Revista Brasileira de Sexualidade Humana, [S.L.], v. 18, n. 1, p. 151-168, 16 maio 2007. Revista Brasileira de Sexualidade Humana. http://dx.doi.org/10.35919/rbsh.v18i1.414.

[2] CLÍNICA IDEM. Como lidar com a libido baixa após a gravidez? Disponível em: https://clinicaidem.com.br/como-lidar-com-a-libido-baixa-apos-a-gravidez/. Acesso em: 21 nov. 2023.

[3] GINECO. Bayer Group. Diminuição da libido no climatério. Disponível em: https://www.gineco.com.br/saude-feminina/materias-2/diminuicao-da-libido-no-climaterio. Acesso em: 21 nov. 2023.

[4] RICCA, Patrícia Cristina. Os Benefícios da Fisioterapia no Equilíbrio da Libido no Puerpério. 2023. 52 f. TCC (Graduação) — Curso de Fisioterapia, Departamento de Fisioterapia, Centro Universitário Fasipe, Sinop, 2023. Disponível em: http://104.207.146.252:8080/xmlui/handle/123456789/615. Acesso em: 21 nov. 2023.

LYNDSEY HARPER. Clue. 5 coisas a saber sobre a sua libido. 2022. Revisado clinicamente por Lynae Brayboy, MD, FACOG.. Disponível em: https://helloclue.com/pt/artigos/prazer/5-coisas-a-saber-sobre-a-sua-libido. Acesso em: 21 nov. 2023.

Um comentário sobre “Libido: descubra como funciona o bichinho do tesão

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

usamos cookies melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.