Como gozar sozinha: 9 dicas pra chegar lá em um toque!

Como gozar sozinha

Muita gente me pergunta se tem como gozar sozinha. É claro que tem e essa é uma experiência que muitas pessoas almejam, mas não sabem por onde começar.

A masturbação é uma ótima forma de se conhecer anatômica e sexualmente. Afinal, como você vai dizer a sua companhia como te fazer gozar, se nem você sabe como chegar lá?

Por isso, eu e a Dona Coelha preparamos um post com as melhores dicas pra você ter orgasmos sozinha — com os dedos ou com vibradores! Prepare o quarto, agarre o seu consolo e os lubrificantes e me acompanhe nessa jornada em busca do prazer!

Antes de se tocar, prepare o ambiente!

A masturbação, assim como as relações sexuais, começam muito antes do ato em si. Você precisa se sentir confortável, tranquila e sem outras preocupações além de sentir prazer! ✨

Então, um dos primeiros passos que você precisa seguir é se livrar de qualquer tabu relacionado a se tocar. Não é errado, nem sujo, muito pelo contrário! É uma das melhores formas que existem pra você se conhecer e entender os seus desejos.

Depois, se for possível, você pode preparar o ambiente pra criar um clima mais aconchegante ou até mesmo sensual. Existem velas eróticas de massagem que deixam um aroma afrodisíaco no ar.

Coloque uma música que você goste, uma lingerie sexy e aprecie a sua própria companhia. Toda essa preparação é super importante pra elevar a sua autoestima e facilitar pra que você tenha um voo solo muito mais gostoso.

Se não rolar ter um momento de privacidade no quarto ou em outro ambiente em casa, você pode seguir as próximas dicas na hora do banho. Aproveite o momento relaxante sob o chuveiro e acompanhe as minhas sugestões pra curtir os benefícios de orgasmos intensos sem depender de ninguém!

1. Se toque sentada em frente ao espelho

Essa é uma ótima oportunidade de se conhecer melhor. Então, pegue uma cadeira pra colocar em frente a um espelho. Sente-se e comece a se observar sem roupa. 😍

Passe as mãos pelo corpo, sinta os seus seios, bumbum, rosto, pescoço, busto, cintura… Explore cada parte com as pontas dos dedos. Aproveite o local pra se observar masturbando, conhecer melhor a sua vulva e o que te dá prazer.

2. Capriche na lubrificação

Lembre-se do seu melhor amigo da masturbação: o lubrificante íntimo. Pra se tocar com os dedos ou com vibradores, ele é um grande facilitador na penetração, mas também pra explorar toda a região da vulva e clitóris.

Então, aposte nos produtos a base de água que são super versáteis e compatíveis com silicone (ou seja, não vão estragar o seu toy). Não tenha medo de se lambuzar sempre que perceber necessário. 💧 Assim, você vai ter mais facilidade pra se estimular e sentir ainda mais prazer!

3. Trate a sua vulva e clitóris com gentileza

Toda genital é sensível, então, trate ela com muito carinho. Nada de esfregar, arranhar ou bater forte. Com movimentos suaves e certos, você sente tudo o que precisa sentir pra conseguir gozar sozinha.

Gozarsozinha2 como gozar sozinha: 9 dicas pra chegar lá em um toque!

Dica da Nat: Os vibras são muito recomendados pra terapias sexuais em casos de disfunções, dores ou anorgasmia — a dificuldade de atingir o orgasmo em uma relação sexual¹. Ele surgiu há muuuito tempo, como uma ferramenta médica, antes de virar produto erótico. Então, invista sem medo em um vibrador pra te acompanhar em todas as situações!

4. Dedique-se ao clitóris

O clitóris é a campainha que vai abrir a porta do seu prazer. Focar nele é uma ótima forma de “aquecer os motores” pra uma atividade mais intensa, como a penetração, mas também é a chave pra ter orgasmos rápidos. 🔥

Ele é uma bolinha que fica exposta na vulva. Como ele é muito sensível, fazendo os estímulos certos, você já acende o tesão rapidinho e tem uma carga de êxtase surpreendente! Pra isso, você pode usar os dedos ou os sugadores clitorianos.

5. Teste movimentos, pressões e velocidades diferentes

Explore toda a sua vulva com diferentes movimentos, pressões e velocidades. Descubra o que você curte, qual a intensidade ideal e o que não rola pra você.

Com os dedos, brinque com toda a região: lábios grandes, pequenos, corpo e glande do grelo. Aqui vão três dicas pra estimular o clitóris:

Gozarsozinha3 como gozar sozinha: 9 dicas pra chegar lá em um toque!

  • Com os dedos indicador e do meio, encaixe o corpo do clitóris entre eles e faça o movimento de “vai e vem”;
  • Usando a ponta dos dedos, faça círculos por todo o órgão, variando as pressões que você coloca nele;
  • Similar a primeira ação, movimente os dedos de um lado pro outro.

Nada no sexo é uma receita de bolo, então, você só vai descobrir o que te faz gozar, experimentando jeitos diferentes de se estimular! Perca e vergonha e vai fundo nessa jornada de autoconhecimento sexual!

6. Estimule o ponto G

Apesar de parecer um mistério pra muitas pessoas, o ponto G é um dos melhores lugares pra se masturbar sozinha com a penetração. Ele fica a cerca de 5 cm da entrada do canal vaginal, então você consegue alcançá-lo com os dedos! ☝

Pra isso, coloque um ou dois dedos bem juntinhos na sua vagina, com a palma da mão virada pra cima. Não precisa ir até o fundo, já que o ponto se encontra bem no comecinho, na parte superior.

Dobre levemente os dedos e faça o movimento de “vem cá” com os dedos. Sentiu um local bem sensível? Esse é a famosa e tão procurada área do prazer! Você pode explorar a região na masturbação, no oral, posições sexuais e com vibradores que tenham curvaturas específicas pro ponto G!

7. Encontre a melhor posição

Experimente posições que favoreçam a exposição da sua vulva e do clitóris pra se masturbar. Assim, fica mais fácil se estimular e encontrar o caminho pro prazer.

Uma dica é sempre tentar elevar o quadril, quando estiver deitada. Você pode deitar de bruços ou com a barriga para cima, afastar os joelhos e erguer o quadril para se estimular.

8. Explore a sua imaginação!

“Nath, pra gozar sozinha, é só ‘apertar os botões certos’ que eu chego lá?” Não! Assim como no sexo com outra pessoa, o tesão aparece por conta de vários estímulos: físicos, hormonais, sociais, ambientais e psicológicos também.

Por isso, você pode ativar o seu desejo sexual usando a criatividade e explorando as suas fantasias! Ouça podcasts eróticos, coloque uma música sensual ou pense naquela pessoa que você acende o seu fogo e o que gostaria de fazer com ela. 👀

9. Aproveite a jornada

Algo muito importante que deve ser compreendido em todo voo solo ou em conjunto é que o orgasmo não deve ser o seu único objetivo! A transa ou a masturbação não se define pelo tempo que você leva pra gozar, ou quem chega ao clímax primeiro.

Então, aproveite todo o trajeto e todas as formas de sentir prazer sozinha! Use esse momento pra trabalhar a sua autoestima, reconhecer a grande gostosa que você é e relaxar — o que é essencial pra que você consiga se conectar com a masturbação e com o prazer.

Se você conseguir gozar sozinha, maravilhoso! 🎉 Mas, se não rolar de primeira, você pode curtir intensamente outras zonas erógenas e ter descoberto novas formas de sentir êxtase.

Aprender a atingir o orgasmo em voos solos é uma deliciosa jornada de autoconhecimento, além de trazer muitos benefícios pra sua saúde sexual e compartilhar os melhores momentos com as suas parcerias!

Gostou do conteúdo? Compartilhe com as suas amizades que podem estar interessadas nesse assunto e expanda a sua rede de apoio e conversas sobre sexo sem tabu!

Continue navegando pelo blog da Dona Coelha e descubra outros conteúdos sobre saúde sexual, relacionamentos e melhores sex toys pra apimentar as suas experiências sexuais!

Até a próxima! 🐰

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

[1] RUPP, Karin; TESSARIOLI, Graça Margarete S.; SILVA, Luis Antônio da. O uso do vibrador como ferramenta complementar no tratamento terapêutico nas disfunções sexuais. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICOTERAPIAS CORPORAIS, 23., 2018, Curitiba. Anais. Curitiba: Centro Reichiano, 2018. p. 1-14. Disponível em: https://www.centroreichiano.com.br/artigos/Anais-2018/pdf/RUPP-Karin-TESSARIOLI-Graca-Margarete-SILVA-Luis-O-uso-do-vibrador.pdf. Acesso em: 06 dez. 2023.

HAISCH, Josefa Delfino de Freitas. O orgasmo feminino no universo da sexualidade e seus benefícios à saúde da mulher. Revista da Abrasex: Sexualidade Feminina, São Paulo, n. 1, p. 48-56, jul. 2022. Anual. Disponível em: https://www.abrasex.com.br/wp-content/uploads/2022/09/Revista-da-Abrase-n-1-leve-FINAL.pdf#page=35. Acesso em: 06 dez. 2023.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

usamos cookies melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.