Sexo Bondage: saiba tudo sobre a prática que faz parte do BDSM!

Mulher com uma corda em volta do seu corpo olhando diretamente para a câmera

O BDSM é uma sigla para bondage, disciplina, dominação, sadismo, submissão e masoquismo. Ele faz parte dos fetiches sexuais que muitos indivíduos sonham em realizar em algum momento da vida. E não pense que tortura e dor são sinônimos dessa prática! É claro que é possível envolver essas ações, porém é necessário o consentimento entre os praticantes para que seja uma transa prazerosa para todos.

Se você desejar saber mais a fundo sobre o que é BDSM, aqui no blog temos um conteúdo completo e recheado de informações ardentes para esse momento. Porém, hoje, iremos dar ênfase ao bondage, que faz referência a primeira letra dessa sigla picante.

Prepare-se para tirar todas as suas dúvidas sobre o sexo bondage, porque a hora é agora! Acompanhe a leitura para ficar por dentro de cada detalhezinho que a Dona Coelha preparou especialmente para você!

Descubra o que é o sexo bondage!

Sabe aquela sensação de que caímos na rotina? Às vezes isso acontece com o sexo também – aliás, é mais comum do que imaginamos – e, por isso, a busca por sensações calorosas e intensas é a saída. O bondage pode ser uma das alternativas para você que deseja dar aquela apimentada a mais em sua relação.

Que tal fazer uso de roupas sensuais, fantasias, géis excitantes e, se você gostar de algo ainda mais ousado, as algemas são apetrechos que ajudam – e muito! – na hora da submissão. Ah, saiba que você pode estar no papel de quem domina ou daquele que é dominado. Bom, não?

Mulher amarrada com cordas e texto falando sobre bondage

Esse é o bondage, um dos pilares inseridos no BDSM – que está presente em nosso texto sobre 5 Fantasias Sexuais –, que tem por objetivo a dominação sexual. Mais precisamente uma experiência que visa imobilizar o(s) parceiro(s) nos instantes mais prazerosos do sexo, seja com algema ou corda, a imobilização provoca sensações interiores e exteriores de tirar o fôlego.

Inclusive, não relacione a relação sexual a uma cama ou locais previsíveis. Acima de tudo, estamos falando sobre sair da rotina, então, se permita e experimente novos ares.

Algumas dicas da Dona Coelha são: cadeiras, ambientes ao ar-livre – mas que sejam afastados, não queremos encrenca! –, carros ou onde a sua imaginação te guiar. Além disso, utilizar brinquedos para aumentar o tesão na hora H também pode fazer parte do bondage.

Já pensou em fazer ou receber uma massagem enquanto as suas mãos ou outros membros envolvidos estejam amarradas? Quem sabe, mexer com os sentidos de quem está imobilizado por meio de toques arrepiantes em toda extensão do corpo? Ou, indo ainda mais longe, estabilizar os movimentos dos integrantes e vendá-los antes de ir a fundo com as carícias e instigações.

Viu só? Nessa técnica não a dor não é necessariamente uma necessidade. Ao menos, é claro, que vocês entrem em um acordo sobre isso e topem deixar a brincadeira ainda mais quente.

Mas lembre-se que todo e qualquer gesto precisa ser consensual. E se você quer saber um pouco mais sobre brincadeiras picantes, confira nossas 10 dicas que vão aquecer sua relação.

Como colocar o bondage em prática?

Para quem nunca dominou ou foi dominado essa pode ser uma novidade, então é bom começar com calma para não estremecer a transa de maneira negativa. Portanto, mantenha alguns limites que podem ser modificados ao longo da prática.

Os tipos de acessórios para bondage

Uma boa conversa antes é essencial para tornar o ato sexual ainda mais gostoso e diferente. Reconheça o que te excita ou não perante essa prática e esteja sempre atento ao que a outra pessoa tem a dizer. Para esclarecer ainda mais suas dúvidas ou curiosidades que permeiam esse universo magnífico de muito prazer, confira algumas dicas para iniciar:

Sexo oral é um estímulo

Vamos combinar que mesmo sem praticar o bondage o sexo oral é um estímulo e tanto. Mas para quem possui essa fantasia e deseja realizá-la, é excitante ter outro indivíduo ou você mesmo imobilizado sem poder fazer movimentos bruscos enquanto faz ou recebe sexo oral.

Então, vá em frente e busque prazer nas minúcias desse ato tão estimulante.

Use e abuse dos acessórios

Aqui reiteramos a necessidade de acessórios para que a circunstância se torne ainda mais ardente. Além dos tradicionais, existem alguns artigos que transformam o visual do sexo, deixando-o ainda mais intenso. Entre eles estão:

  • Arreios;
  • Colar com Franjas;
  • Gargantilhas com Correias;
  • Máscaras;
  • Chicotes.

Curta cada instante de sensações maravilhosas

Por fim, relaxe e curta cada instante do momento! Peça para parar quando enxergar necessidade e pare quando for pedido. Aliás, no BDSM, é muito comum a determinação de “palavras de segurança” para diversas ações. Você pode, em conjunto, escolher qual a melhor para esse tipo de situação, beleza?

Deixe o(s) parceiro(s) enlouquecidos por meio de emoções excitantes e audaciosas, além de aproveitar cada uma das sensações excepcionais do ápice da relação.

Deixe ser levado pelos instantes atraentes e comece a descobrir mais sobre você em transas que te levam para fora da rotina. Se for o seu desejo, não relute em provar sentidos diferentes que podem se tornar interessantes também para sua relação e bem-estar.

E aí, curtiu o post? Se você tiver mais alguma dúvida do bondage ou sobre qualquer detalhe desse ato, fale conosco! A Dona Coelha vai adorar responder perguntas e comentários. Ah, e não esqueça de dar aquela passadinha em nosso site para encontrar os itens eróticos feitos exatamente para você que deseja um pouco mais no âmbito sexual.

Para continuar recebendo conteúdos exclusivos, fique sempre de olho em nosso blog!

Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

donacoelha e os cookies: a gente usa cookies melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.