dia do beijo dona coelha

Dia do Beijo: descubra por que celebrar e 10 dicas para esse dia!

Se tem uma coisa que a Dona Coelha adora é beijo! Dos mais suaves aos mais intensos e molhados, a gente quer que você beije muito, e, claro, não poderíamos deixar de falar sobre o Dia do Beijo!

O dia 13 de abril é super especial pra mim e quero que seja pra você também! Nada de ficar pelos cantos murmurando que essa celebração é so pra casais – quem tá solteiro também pode beijar muito nesse e em outros dias do ano.

Até porque essa tradicional demonstração de carinho não está ligada apenas ao romance. Ela serve como cumprimento, sinal de carinho, marca cultural e muito mais!

Então, continue comigo que vou te contar tudo sobre esse dia delicioso e ainda te dar várias dicas para beijar muito por aí!

Você sabe como surgiu essa beijação toda?

Vamos começar do começo? Apesar de não haver uma posição definitiva, estudiosos contam que o primeiro registro do beijo foi por volta de 2.500 a.C., em gravuras nos templos Khajuraho, na Índia!

Na Antiguidade, os gregos e romanos tinham como costume beijar os guerreiros que voltavam de combates, como forma de reconhecimento. Nos Impérios Romanos, haviam 3 tipos de beijo: o basium, dado entre conhecidos; o osculum, entre amigos e o suavium, entre amantes – esse a gente gosta muito!

Aqui no ocidente, especialmente no Brasil, o beijo é um sinal de afeição, usado como cumprimento (saudação ou despedida) ou como prova de paixão e/ou desejo pelo crush. Um beijo na mão pode representar reverência ou cortejo – super romântico e elegante, né?

Na Rússia Imperial, você teria o maior reconhecimento social se recebesse um simples beijo do Czar – essa boca era super importante, hein!

Uma das histórias mais conhecidas sobre o beijo é a bíblica: o livro sagrado cristão conta que Jesus foi traído por Judas com um beijo no rosto – eita!

Como dá pra ver, beijar é uma prática que faz parte de praticamente toda a história da humanidade em diversos lugares do mundo e pode ter significados super diferentes. É claro que haveria um dia especial para essa celebração!

Afinal, como será que surgiu essa data comemorativa?

Essa pergunta é super importante, mas infelizmente não existe um consenso sobre como a data começou a ser comemorada. Mas a gente descobriu que há uma lenda italiana que explica e pode ser a possível origem para esse momento que a gente tanto gosta!

Você conhece a história de Enrique Porchelo? Ele supostamente era um jovem muito beijoqueiro, que já tinha tocado os lábios de todas as mulheres da vila onde morava –  esse é um bom jeito de chamar aquele amigo ou amiga cheio de contatinhos, ein!

Um padre, cansado dessas fofocas, ofereceu uma recompensa para a moça que não tivesse sido beijada por Enrique. Adivinha: ninguém nunca pegou as moedas de ouro e, segundo a lenda, esse tesouro está até hoje escondido em algum cantinho da Itália.

Supostamente tudo isso teria acontecido em 13 de abril de 1882 – faz tempo! E seria por isso que comemoramos o Dia do Beijo nessa data – e é no mundo todo, viu?

Agora que você sabe um pouquinho mais sobre essa prática que a gente tanto ama, vamos sair da teoria? Então se prepara para as melhores dicas para arrasar na hora de beijar na boca!

10 dicas infalíveis para surpreender e arrasar nos beijos!

Claro que beijar pode ser uma troca de carinho entre pais e filhos, amigos ou simplesmente um cumprimento, em algumas culturas. Mas a Dona Coelha não poderia falar de outro tipo que não o nosso querido beijo romântico (aquele cheio de desejo e, muitas vezes, com paixão)!

Então senta aí, pega um caderninho e a caneta e se prepara para essas dicas exclusivas!

1. Não esqueça que você usa a boca… como ela está?!

Não há nada pior nesse momento do que sentir um gostinho azedo ou um cheiro desagradável vindo da boca que você vai beijar, certo? Então não faça isso com a pessoa também!

O primeiro passo é escovar bem os dentes e passar fio dental. Vale até o enxaguante bucal. E pra que a boca não fique com aquele odorzinho de quando ficamos um tempo sem comer nada, já sabe: bala ou chiclete é a solução perfeita! Os sabores refrescantes são os melhores.

2. Beije com o corpo também!

Além de caprichar no beijo propriamente dito, aproveite para desfrutar do momento por completo. Com delicadeza e sutileza, acaricie o corpo da pessoa que está beijando e veja até onde pode ir!

Comece por partes do corpo que não sejam sexualizadas, como os braços. Aos poucos, conforme o clima for rolando e a pessoa te permitir, pegue em lugares mais quentes – uma mão no pescoço e outra na cintura fazem mágicas acontecerem, rs…

Quando estiverem no quarto, com mais intimidade e prontos para ir mais além, vale tocar em zonas erógenas, como os peitos, a virilha, o bumbum, até chegar nas partes que a gente adora. E não se esqueça: só vai ser bom se os dois estiverem gostando – pediu pra parar, parou!

3. Não fique só na boca: your body is a wonderland!

mulher nua com partes do corpo cobertas por folhas dona coelha

É verdade que beijar na boca é uma sensação única e dá um tesão danado, mas imagina passear pelo corpo do outro com a boca? Indescritível!

Assim como o toque, não dá pra ir beijando tudo de uma vez, né. Comece por lugares próximos à boca. Um beijo no pescoço, no pé da orelha ou descendo pro colo ajudam a deixar qualquer um bem excitado!

Na hora H, beije o corpo do parceiro ou da parceira enquanto tira as roupas deles. Primeiro com delicadeza e aquele olhar de admiração – é uma ótima forma de mostrar pra pessoa o quanto você acha ela linda e a deseja.

Conforme o clima for esquentando, vale usar a língua e até trocar os beijos por chupões – mas cuidado pra não machucar nem deixar marcas em ninguém – pelo menos não em lugares visíveis, ok?

4. Deixa isso bem molhado!

Fala sério, mesmo que algumas pessoas dizem não gostar de um beijo bem molhado, é quase impossível achar alguém que curta um beijo seco, né? Parece que a química não tá rolando e o beijo fica falso.

Por isso não tenha medo: beijo molhado é bom sim! Comece de leve e conforme for sentindo as preferências da pessoa, deixe o beijo mais molhado ou não – quando a boca tá molhada, fica fácil de deixar outras partes do corpo escorrendo também!

Sem falar que isso mostra que você ta curtindo mesmo o momento, e que o desejo pelo outro tá crescendo cada vez mais.

5. Mordida só de leve, você não tá almoçando!

homem fantasiado de vampiro dona coelha

Nada como intercalar os movimentos da língua com umas mordidinhas. Mas, calma! Você não quer arrancar um pedaço da boca do contatinho nem cortar a língua da namorada e estragar todo o clima, né?!

Preste atenção no beijo e sinta os momentos certos para dar uma mordidinha leve nos lábios ou na língua da pessoa. Nada forte, apenas para mostrar sua “fome” por prazer. Essa mordidinha também pode ser dada na pontinha da orelha conforme as coisas forem esquentando.

Muito cuidado para não bater os dentes um no outro – isso pode doer bastante e com certeza não é nada prazeroso!

6. Beijo surpresa – mas nem tanto!

Esse assunto é muito importante, então preste bastante atenção! É super gostoso receber um beijo surpresa, mas ele não pode vir de forma totalmente inesperada, ok?

Se quiser surpreender a pessoa com um beijo, antes você precisa ter certeza que essa pessoa quer ser beijada. Se não, o beijo não pode rolar! Comece com investidas suaves, com um carinho delicado, pegando na mão e observe as respostas da pessoa.

Se perceber que o outro tá respondendo a essas investidas, aí sim rola tentar uma surpresa, mas sem nada muito agressivo. Do contrário, respeite o espaço: isso serve tanto para quem está chegando em alguém numa festa quanto para quem já está num relacionamento – não é não, independente de qualquer coisa!

7. Surpreenda com “ingredientes” especiais

Como já está mais do que claro, o beijo pode ser uma porta de entrada para o qualquer modalidade de sexo – oral, penetração e tudo mais.  Por isso, vale a pena investir em produtos eróticos para sair da rotina nesse momento também!

Que tal ter um óleo ou gel beijável para apimentar esse momento. Assim, quando for passear pelo corpo do outro, terá sensações ainda mais excitantes. Ah, e esses produtos dão um toque especial para o sexo oral, tanto pra você quanto pra outra pessoa. Use e abuse!

8. Saia da mesmice, seja criativo!

Não dá para falar de comemoração do Dia do Beijo sem pensar nos tipos de beijo, né? Afinal você pode fazer isso de várias formas, experimentando sensações e movimentos inusitados e únicos!

Por isso, eu tenho um post completinho para você aprender 20 tipos de beijo e inovar a prática, principalmente para os casais que já estão juntos há um tempo e podem estar caindo na rotina – nada de deixar a chama do tesão se apagar, né.

9. Onde beija um, beijam dois. E onde beijam dois…

Quer sair da rotina real? Então que tal, ao invés de beijar uma boca, beijar duas ao mesmo tempo! Isso mesmo que você está pensando – manda a ver no beijo triplo!

O segredo para dar certo é ter muita calma. Nada de tentar acelerar o beijo e, provavelmente não vai dar para as três bocas se encontrarem de uma vez só. Intercale entre uma boca e outra, misturem, beije um enquanto é beijado por outro… Experimente! A prática pode levar à perfeição.

10. Os gregos dão nome a um beijo especial!

Sem tabu: o beijo grego é também um tipo de beijo, então por que não comemorar o Dia do Beijo assim? Aqui vale a pena usar os produtos beijáveis também!

Além da intimidade, beijar o ânus do outro proporciona prazeres diferentes e excitam tanto quanto um bom sexo oral. Mas é importante que você entenda o que é beijo grego e o que fazer para que a prática seja de fato deliciosa.

Com todas essas dicas, fica fácil de arrasar na hora do beijo e comemorar esse dia de uma forma super gostosa, seja você solteiro ou não.Mas, como você já sabe, em 2020, não vamos poder celebrar muito essa data tão especial, né?! Então, aproveite essas dicas para o ano que vem!

Neste ano, o jeito é entrar nos embalos do relacionamento à distância! A Dona Coelha tem um post completinho para te ajudar a passar a quarentena sem abrir mão do prazer e do amor. Dá uma olhadinha lá e confira o pode ou não pode em tempos de coronavírus!

As melhores curiosidades sobre o beijo

E você sabia que, por ser uma coisa tão popular, existem várias informações curiosas sobre o beijo? A Dona Coelha, com muito cuidado, fez uma seleção das mais interessantes pra vocês. Surpreendam-se comigo:

Um casal tailandês, em 2013, alcançou o recorde mundial de beijo mais longo da história: 58 horas, 35 minutos e 58 segundo! Detalhe: eles mantiveram as bocas unidas por todo esse tempo, enquanto comiam e até iam ao banheiro!

Nessa história de recordes, um americano, Alfred A. E. Wol., beijou 8.001 pessoas em apenas 8 horas! É mais de 1000 pessoas em 60 minutos;

Um beijo comum pode queimar cerca de 6,4 calorias por minuto – dieta de beijo, aí vamos nós!

Estimulamos mais de 100 bilhões de terminações nervosas durante beijo;

Beijar produz hormônios da felicidade e adrenalina, que fazem o nosso coração ficar acelerado. A pressão sanguínea sobe e dá aquele calor!

O beijo é uma coisa cultural e muda de um lugar pro outro. Por isso, 10% das pessoas do mundo não beijam!

Na Escócia, era uma tradição o padre beijar a noiva na boca ao fim da cerimônia para dar sorte no casamento. E, durante a festa, ela tinha que beijar todos os homens, que davam dinheiro em troca…ousados;

Viu só como essa história de beijo pra lá, beijo pra cá rende um bom papo? Então não deixe o dia 13 de abril deste ano passar em branco: beije muito! Depois vem me contar qual dica você gostou mais, ok?

Até o próximo post!

Receba nossos emails

CADASTRAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu cadastro garante que será a primeira(o) a receber as ofertas de Black Friday.

Receba nossos emails

CADASTRAR
Descontos de Valentine's Day
Seu cadastro garante que será a primeira(o) a receber as ofertas do Valentine's Day.
Coletamos dados para melhorar o desempenho e segurança do site, além de personalizar conteúdo para você, confira nossa Política de Privacidade.