Mão na banana guia definitivo para masturbação

Como se masturbar: guia para homens que cansaram da mesmice

Não é novidade que a sexualidade masculina é super estimulada desde muito cedo. Assim que entram na puberdade – às vezes, antes disso – os meninos são cobrados de saberem como se masturbar.

Por isso, quando crescem, os homens já têm uma vasta experiência nesse assunto. O problema é que saber bastante não é saber tudo! E quando se trata de uma fonte de prazer, por que limitar seus conhecimentos?

A verdade é que você pode ir bem além de só “descascar o palhaço” e que essa prática traz muitos benefícios que você provavelmente não conhece – além do prazer, que você já deve estar familiarizado.

Pensando nisso, a Dona Coelha preparou esse post pra te explicar tudo sobre punheta e ainda te dar dicas infalíveis para chegar a orgasmos ainda mais intensos e gostosos – prazer nunca é demais, né? Vamos lá!

Sabia que bater punheta faz bem para a sua saúde?

Masturbação punheta faz bem para saúde dona coelha

Do lado daqui, a gente gosta de falar de masturbação masculina porque ela é um ótimo método de prazer (óbvio). Provavelmente é por esse motivo que você gosta disso também. Mas há algumas outras vantagens nessa prática que nos fazem gostar tanto assim dela.

Você sabia que a punheta pode trazer diversos benefícios para o seu corpo e mente? Vem com a gente descobrir alguns deles.

Aumenta a imunidade

Já ouviu falar em cortisol? Talvez você se lembre de estresse ao ouvir falar nesse hormônio – e não está errado. Essa é, de fato, a substância que causa estresse no nosso corpo, mas, quando liberada em pequenas doses e no momento certo, ela pode ser muito útil!

Isso porque, no tanto certo, o cortisol ajuda a regular e manter os níveis de imunidade no organismo. Ao se masturbar, você cria um ambiente perfeito no seu corpo para a produção desse hormônio – nada como prevenir doenças gozando, né?!

Faz bem para o coração!

Calma, a gente não está falando de amor – mesmo que uma boa punheta possa fortalecer laços. A novidade é que a masturbação masculina ajuda a saúde cardiovascular como um todo. A Dona Coelha explica!

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, publicada no American Journal of Cardiology, mostrou que homens que tinham orgasmos com mais frequência têm menos chances de sofrer derrame ou doença no coração – a partir de dois por mês já ajuda!

Esses resultados podem estar ligados ao aumento dos batimentos cardíacos enquanto você toca uma. Com a prática constante, você “treina” a circulação e reduz os riscos de parada cardíaca.

 Goze quando quiser – apenas!

A masturbação masculina é uma ótima aliada para quem sofre com ejaculação precoce durante o sexo. Isso porque, ao se estimular, você tem a chance de aprender quando está chegando lá e como atrasar a ejaculação.

Durante a punheta, você sente sensações intensas sem se sobrecarregar. Assim, desenvolve mais resistência durante a transa, podendo penetrar sem gozar por muito mais tempo – o que significa mais prazer!

Além desses e outros benefícios biológicos, com a masturbação, você vai ficar rindo à toa! Isso porque, durante esse processo, o seu organismo libera dopamina e ocitocina, hormônios que melhoram o humor e dão a sensação de satisfação ao corpo e à mente.

E tem mais: essas substâncias mais do que lícitas estimulam o sistema nervoso parassimpático, tirando a tensão dos nervos e reduzindo a ansiedade – bater uma te traz felicidade!

Agora que você já sabe que se tocar pode trazer muito mais do que prazer, vamos para a parte essencial: dicas para que a sua punheta nunca mais seja a mesma!

5 dicas para chegar ao orgasmo com a masturbação masculina

A hora de tocar uma é praticamente um momento sagrado – muita intimidade, exposição concentração e… êxtase! Para que você não fique só no vai e vem tradicional, melhore e inove essa experiência, a Dona Coelha preparou 5 dicas essenciais pra você mandar ver. Vamos lá!

  • Tenha sempre um bom lubrificante em mãos

Não é só na hora do sexo a dois que a lubrificação é necessária. Se o amigão já solta a lubrificação natural, por que não investir em um produto para dar uma mãozinha e um carinho a mais a você mesmo?!

Quando você usa um lubrificante, o atrito entre as mãos e pênis diminui e a estimulação fica muito mais confortável e prazerosa – e pode te proporcionar sensações inimagináveis!

  • Explore seu corpo – você é mais que um pênis

Se o assunto é mulher, isso já é mais claro, mas você sabia que o homem também tem zonas erógenas? Isso aí! Na hora de se tocar, não precisa ficar apenas lá embaixo – dá para passear por você.

Assim como com as garotas, estimular os mamilos pode ser uma ótima fonte de prazer por ser muito sensível, mas, se você não está acostumado, vá com calma e delicadeza. A virilha também é um ponto de excitação por estar próximo ao pênis – surpreenda-se!

  • Não se esqueça dos testículos!

Com toda certeza, você sabe que os testículos têm uma supersensibilidade – seja porque alguém já os tratou com carinho ou porque eles já te fizeram sofrer um bocado. Então, que tal aproveitar essa sensibilidade toda para dar prazer a você mesmo?!

Use a sua imaginação – estimule a região com puxões leves, delicados apertos e carícias… Enfim, seja criativo e não se esqueça desses dois amigos que fazem companhia ao seu parceiro – eles podem te levar à loucura!

  • Sem frescura: leva os brinquedos eróticos com você!

Masturbadores masculinos dona coelha

As mulheres têm, cada vez mais, chamado os vibradores de melhores amigos – e isso não é à toa. Os movimentos provocados por esses aparelhinhos são mágicos!

Os homens podem (e devem) incluir instrumentos eróticos na masturbação! Os masturbadores masculinos existem em diversos formatos, tamanhos e preços – o famoso Tenga Egg é o mais conhecido e promete prazeres únicos e, de bônus, dá para usar tanto em homens quanto em mulheres!

  • Teste movimentos novos – fuja do padrão

Para falar em inovar, temos que lembrar que velhos hábitos precisam ser adaptados, no mínimo. A gente sabe que você tem aquela mão amiga que trabalha melhor do que a outra, mas isso não quer dizer que a coleguinha não pode fazer um bom trabalho – coloca ela pra jogo!

Além disso, em vez de fazer a famosa escalação 5 contra 1, que tal diminuir isso aí? Use o dedo indicador e o médio junto com o polegar para bater aquela punheta e tente intercalar o estímulo na cabeça do pênis com movimentos mais longos…

Outra técnica interessante é a do “braço dormente“. Você inicia a estimulação com uma mão, enquanto interrompe a circulação do outro braço até que ele “durma”. Quando isso acontecer, use ele para bater a punheta e terá a sensação de que outra pessoa está te masturbando. Uma delícia!

Com todas essas dicas, dá para inovar e descobrir novos prazeres com a masturbação masculina. Ouse nas posições, movimentos, velocidade, brinquedos… Saia da sua zona de conforto e tenha orgasmos inesquecíveis!

Coloque-as em prática e depois vem aqui contar para a Dona Coelha o que achou. Estou ansiosa para saber!

Até o próximo post!

24 comentários sobre “Como se masturbar: guia para homens que cansaram da mesmice

  1. Jean disse:

    Olá! Consigo Ejacular somente tendo contato com Lingeries e Calcinhas, tanto é que nesse Feitiche em usar Calcinhas para ejacular é ótimo para dar o prazer Ideal e Total pois cria aquele pensamento prazeiroso e Total. Muito obrigado.

  2. Carlos oliveira disse:

    Oii,boa tarde,me chamo carlos,e quando bato punheta eu não gozo,por nada,eu não entendo,queria saber se é algo normal ou não,tenho 16 anos,e meu p@u tem 12cm,é pequeno ou normal pra minha idade?ia ficar muito grato se me ajudasse nessa

    • Renan da Dona Coelha disse:

      Oi Carlos, o melhor seria você se consultar com um médico urologista, ele vai conseguir realizar o melhor diagnóstico.
      Só não fique tão preocupado com o tamanho do pênis, isso é a pior coisa.
      Pênis grande não significa prazer garantido, pênis pequeno não significa impossibilidade dar prazer.
      O que importa é a sua conexão e desejo de dar prazer para sua parceria. Com boa vontade e sem preguiça você consegue tudo!

  3. Carlos disse:

    Eu sou casado e até hj d e vez enquanto eu bato uma punheta e gosto muito de ver filme sexy hot normal isso

  4. Pedro Henrique disse:

    Olá! Tenho uma dúvida…
    Um jovem com 18 anos virgem, que em poucas vezes qual se masturba ele libera o líquido pré ejaculatório (aquele transparente) e não o sêmem (o líquido branco) .
    O que significa? Ele é estéril? Como fazer pra liberar o sêmem?

    • Dona Coelha disse:

      Oi Pedro,
      Infelizmente não tem como dar um diagnóstico sem o exame adequado.
      Por exemplo, sua alimentação tem ligação com a cor da sua ejaculação.
      Como você descreveu, é bem jovem, então acho que não deveria se preocupar tanto com isso a não ser que queira ser pai num futuro próximo.
      Se quiser tirar a dúvida, pode ainda pedir para um médico e fazer um exame espermograma, dessa forma você tira sua dúvida.

      Espero ter te ajudado =)

  5. Augusto Lucas Figueiredo disse:

    Acho que sou tarado. Quando era adolescente, bastava ver uma menina bonita na rua que meu pau ficava duro e eu entrava no primeiro banheiro que encontrava pra bater uma punheta. Cheguei a bater 6, 7 num só dia, e minha ejaculação era abundante. Hoje, com 46 anos, pai de 2 filhos e casado com uma bela mulher, continuo punheteiro, ela até me ajuda batendo pra mim. Gosto do sexo convencional, mas uma boa bronha é o que realmente me relaxa. Isso é normal? É vício? É possível um homem “ninfomaníaco”?

    • Renan da Dona Coelha disse:

      Oi Augusto, aqui é o Renan
      Vim para te dizer que é normal, tudo o que você trouxe no seu depoimento.
      Só é considerada uma condição “especial” se sua necessidade de masturbação afeta sua vida ou de outras pessoas negativamente.
      Masturbação é normal e é uma forma de sexo tão relevante quanto outras.

      • José disse:

        Completamente normal, eu me masturbo todos os dias, estou com 56 anos, não tem coisa melhor do que chegar do trabalho, tocar uma boa punheta.

  6. Sidnei Marcelo Soares De Melo disse:

    Olá boa tarde, meu nome é Marcelo, minha pergunta é a seguinte: Tenho 41 anos e sou casado, me masturbo 3 vezes ao dia, exceto no dia em que prático o sexo a dois, a masturbação nessa frequência, pode me acarretar algum problema de saúde agora, ou futuramente, muito obrigado.

    • Dona Coelha disse:

      Oi Sidnei, fica tranquilo a sua dúvida é a mesma de muitos outros homens.
      Resposta curta: Não tem problema nenhum.

      A masturbação não te faz nenhum mal, pelo contrário, ajuda a liberação de hormônios do prazer e melhora o seu dia.
      Se te faz bem e não afeta sua rotina ou relacionamento, não há problemas.

      Obrigado pela confiança da sua pergunta, espero ter te ajudado!

  7. Leonardo disse:

    Nunca me masturbei, tenho 21 anos, porém por causa de minha namorada, tentei umas 4 vezes, e depois de uns 20 minutos em cada, não consegui nenhum mínimo prazer, não sinto nada, e não sei o q fazer

    • Dona Coelha disse:

      Oi Leonardo, acho que sua resposta deve ser sim, mas mesmo assim vale você questionar se você sente tesão ou está sob algum tipo de pressão.
      Eu recomendo que faça uma consulta com médico urologista para te passar alguns exames ou mesmo realizar o encaminhamento para um terapeuta que vai conseguir diagnosticar porque você não está conseguindo sentir prazer com a masturbação.

  8. Nícolas Alexandrovitch Eristov disse:

    Gostaria de saber a respeito dos estudos sobre o câncer de próstata; se é ou não benéfica a masturbação para evita esse tipo de mal.
    Atenciosamente
    Nícolas Alexandrovitch

    • Dona Coelha disse:

      Oi Nicolas,
      Não há um consenso na comunidade médica, alguns estudam indicam que sim é benéfico e outros mostram que não faz diferença, especialmente para alguns tipos de câncer de próstata.
      Você pode ver mais neste estudo.
      Espero ter ajudado ;)

    • junior disse:

      Bater punheta è muito bom. Comecei com 14 anos, hoje com 36 sempre batendo uma. Pra mim è a viagem mais gostosa em si mesmo.😋😋😋😋

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dona coelha e os cookies: usamos cookies para melhorar a experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.