Relacionamento tóxico: veja como sair de uma relação abusiva!

Você costuma sentir uma sensação de infelicidade, de não estar completa e nem realizada quando pensa ou está com seu companheiro? Cuidado: Esses podem ser fortes indicativos de que você esteja vivendo em um relacionamento tóxico.

Tenha certeza de que quanto mais rápido você se livrar dele, mais depressa voltará a ser feliz!

Relacionamentos tóxicos machucam a gente e na maioria dos casos são frutos de uma relação que vem se degradando, desgastando e tornando-se insuportável há a algum tempo.

Como as outras relações, começou bem, provavelmente como uma paixão avassaladora e muito envolvente, mas não demorou muito para que os primeiros sinais fossem dados de que, na verdade, não passaria de um relacionamento abusivo, incapaz de fazê-la feliz.

Só que mesmo tendo consciência de tudo isso, você ainda não consegue se ver livre deste namoro ou casamento? Abandonar o outro e seguir rumo à sua felicidade lhe parece algo muito difícil, quase impossível de fazer?

Então você realmente precisa ler este artigo! Veja a seguir porque e como sair de um relacionamento tóxico e retome o controle da sua vida hoje mesmo!

Hora de avaliar: Vale a pena continuar?

Pode ser que você ainda não tenha certeza absoluta se este é ou não um relacionamento abusivo e neste caso a primeira dica é que você coloque absolutamente tudo na balança como seus sentimentos, expectativas, observações da realidade e tudo mais antes de tomar uma decisão final.

Feito isso, é hora de você responder sinceramente se vale a pena ou não continuar dentro desta relação!

Avalie dados reais e concretos e jamais baseie sua decisão em possibilidades que, no fundo, você já sabe que não poderão ser cumpridas depois.

Se a conclusão for de que é hora de seguir em frente e sem olhar para trás, deixando sua relação no passado, veja dicas de como fazer isso por mais complicado e difícil que possa ser.

1.     Coloque um ponto final em seu relacionamento tóxico

O mais complicado sempre é dar o primeiro passo. Falar para o outro que você já não quer mais continuar dentro da relação é uma tarefa e tanto, que deve ser cumprida para que você conquiste de volta a sua liberdade.

Por mais que chegue a doer, porque sim, acredite, você pode sofrer com a sua decisão, colocar um ponto final é essencial para seguir em frente e só assim você se verá livre do peso que é um relacionamento abusivo.

2.     Fique distante do outro

Os primeiros dias após o rompimento são os mais complicados e difíceis. Ambos estarão muito mais sensíveis e se chegarem a ficar perto um do outro podem cair na besteira de tentar juntar os cacos para recomeçar.

Por isso, não tenha dúvidas de que a distância é o melhor para este momento. Se possível, vá para longe, desconecte-se das redes sociais, não veja notícias do outro e não deixe que ele saiba o que você anda fazendo. Esta é a melhor forma de continuar e seguir em frente.

3.     Não tenha recaídas e não ceda

Complementando a dica anterior, mesmo depois de alguns meses é importante estar sempre atenta para não ter recaídas com o ex. Um único momento de prazer pode fazer com que laços surjam novamente prendendo-os no mesmo relacionamento abusivo de antes.

As pessoas podem mudar e cada caso é um caso, mas jamais ceda por pressão, porque o outro está dizendo que mudou e que quer lhe fazer feliz. Mesmo que essa seja a sua intenção, nem sempre ele poderá cumprir e neste caso ambos podem se magoar outra vez.

4.     Volte a conviver com seus amigos

Quando se passa por um relacionamento abusivo geralmente nós, mulheres, perdemos o contato com a maior parte dos nossos amigos, somos privadas de ter momentos prazerosos com companhias que não sejam nossos companheiros e por isso ficamos de fora dos grupos.

Ao por um basta nestas relações, é importante retomar as amizades. Elas serão importantíssimas neste momento pós-término, tanto no quesito de nos ouvir quanto de nos entreter.

5.     Procure ajuda profissional se necessário

Infelizmente, alguns casos não são tão simples a ponto deste passo a passo ser suficiente. Há muitas mulheres que não conseguem se livrar dos relacionamentos tóxicos em que estão inseridas por medo ou até mesmo por ameaças de seus parceiros.

Estes aterrorizam e colocam a sua vida em risco caso você decida ir embora.

Para estes casos, é importante procurar ajuda profissional, tanto de um psicólogo para lhe orientar sobre como se portar nesta situação, quanto de órgãos públicos competentes para o registro de queixas.

Qualquer que seja o caso é importante por fim ao relacionamento tóxico o mais cedo possível!

As dicas dadas sobre como terminar um relacionamento abusivo foram úteis a você? Então aproveite para se cadastrar em nosso site e não perca nenhum conteúdo que for publicado. Assine nossa newsletter.

Receba nossos emails!

ENVIAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, temos uma oferta especial para você!

GANHE 10% OFF

basta se inscrever na nossa newsletter
EU QUERO DESCONTO!

IMPORTANTE: Esta oferta é limitada e não irá se repetir!
Fechar ( X )

Receba nossos emails!

ENVIAR

Nós  SUPERELA

Você que conheceu nosso site pelo Superela tem  DESCONTO  na sua primeira compra.
CADASTRAR
Oferta válida apenas para compras acima de R$ 100
close-link

Nós  
CATRACA LIVRE

Você que conheceu nosso site pelo Catraca tem  DESCONTO  na sua primeira compra.
ENVIAR
Oferta válida apenas para compras acima de R$ 100
close-link
RECEBA NOSSOS EMAILS INCRÍVEIS
⇩ Clique Aqui