como escolher lubrificante

Qual o melhor lubrificante íntimo para você? Aprenda a escolher!

A lubrificação feminina é super importante para um sexo mais gostoso, como vimos anteriormente. Ela deve acontecer naturalmente, pois é responsável por diminuir o atrito durante a relação, o qual pode causar desconforto para a mulher e até dores durante a transa. Quem nunca, né?

Há quem compare a lubrificação feminina com a ereção masculina, defendendo que, quando ela acontece, significa que está pronta para o sexo. Porém, não é tão simples quanto parece: nem sempre a mulher fica “molhadinha” quando está excitada, muitas têm até dificuldade de produzir lubrificação.

Mas isso não é algo que não possa ser revertido: além das dicas para melhorar a lubrificação feminina, que já comentamos, a Dona Coelha separou uma lista dos melhores lubrificantes íntimos para deixar a transa (ou masturbação) muito mais gostosa.

Está preparada? Então acompanhe a leitura e veja qual o melhor produto para você!

Para que o lubrificante íntimo é usado?

O lubrificante íntimo é um dos itens fundamentais para quem gosta de sentir prazer a dois. Ele é indicado especialmente para quando nós, mulheres, temos dificuldade em produzir lubrificação, como uma forma de suprir essa falta.

Ele dá um aspecto de umectação que diminui o atrito e evita lesões e incômodos durante a transa, tornando o sexo delicioso para o casal.

Não para por aí: ele também é essencial na masturbação feminina e no sexo anal! (Inclusive se quiser saber mais sobre masturbação feminina, confira esta matéria).

Como bem sabemos, o lubrificante íntimo é indispensável na hora do sexo anal, já que o ânus por si não produz lubrificação natural para a entrada do pênis. Ainda bem que existe o amado lubrificante, não é mesmo?

Então, seja para uma transa a dois, masturbação com vibrador ou sexo anal, os lubrificantes são muito bem-vindos para garantir o prazer!

Mas você conhece os tipos e qual deles é o melhor para você? Não? Presta bem atenção que a Dona Coelha veio para esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Vamos lá?

Qual o lubrificante íntimo mais indicado? Conheça os tipos!

lubrificante intimo mais indicado

Existem, basicamente, 3 tipos de lubrificante íntimo: à base de água, de silicone e de óleo, podendo ser classificado em gel erótico ou óleo erótico. Veja as características de cada um:

  • Lubrificante à base de água: esse tipo de lubrificante é o mais indicado para qualquer pessoa. Isso porque ele é hipoalergênico (não causa alergia) e não reage ao látex, que é o material do qual a camisinha é feita, não mancha tecidos e é facinho de limpar.

No entanto, ele é mais “ralinho” do que os outros tipos de lubrificante, o que faz com que muita gente não goste.

  • Lubrificante à base de silicone: esse lubrificante tem lado positivo e lado negativo. O positivo é que também não reage ao látex, portanto, é seguro. Mas, por outro lado, pode causar alergia em pessoas com pele sensível e é bem mais difícil limpar.
  • Lubrificante à base de óleo: é o tipo mais espesso do mercado, mas seu uso é contraindicado, pois pode reagir ao material da camisinha e causar seu rompimento. Assim, você fica vulnerável a contrair alguma DST ou até mesmo uma possível gravidez.

Ou seja, os lubrificantes íntimos não são todos iguais como as pessoas costumam pensar. Cada um é composto por uma fórmula diferente, que deve ser muito bem analisada antes da compra. Portanto, não considere apenas o preço, pense na sua saúde em primeiro lugar!

Por falar em saúde, será que o uso do lubrificante é perigoso? Confira a seguir!

Riscos do lubrificante íntimo para a saúde

Como qualquer produto que é aplicado na pele, o lubrificante íntimo necessita de alguns cuidados – afinal, cada pele é uma pele. Tem gente que tem pele mais sensível, outras menos, e tudo interfere em possíveis reações alérgicas.

Então, antes de comprar um lubrificante, considere seu histórico de alergias para ver qual pode ser usado por você. Além disso, lembre-se de fazer um teste!

Não passe direto lá (lá mesmo que você está pensando), faça um teste antes: passe uma pequena quantidade do produto na parte interna do pulso ou na dobra do cotovelo, deixe pelo menos 24 horas sem lavar e observe como ele reage. Se não arder, coçar ou ficar vermelho, beleza, pode usar!

Além da alergia que o produto pode causar, o lubrificante, dependendo de sua composição, ainda pode reagir com o látex, que é o material utilizado para fabricação do preservativo.

Isso significa que a camisinha pode romper durante o sexo – muito perigoso! Os riscos envolvem uma possível gravidez e doenças sexualmente transmissíveis (DST). Eu ein!

É só tomar cuidado e escolher o lubrificante certo que não vai acontecer, pode ter certeza!

Veja, a seguir, quais cuidados você deve tomar.

Cuidados com o uso do lubrificante

cuidados com lubrificantes íntimos

  • Se você tem pele sensível, prefira lubrificantes à base de água. Eles são hipoalergênicos, o que significa que não vão causar alergia à sua pele. Além do mais, são super seguros: sua composição não reage ao látex.
  • Lubrificantes à base de silicone são ótimos e o favorito da galera. Eles são modernos e têm uma consistência incrível, e o melhor é que também não reagem ao látex. Por outro lado, se sua pele for muito sensível, faça um teste antes, pois eles não são hipoalergênicos.
  • Evite lubrificantes à base de óleo ou com anestésicos. O primeiro porque pode reagir com a camisinha e rompê-la, e o segundo porque esconde possíveis lesões que possam acontecer durante o sexo. O lubrificante com anestésico é muito requisitado para a prática do sexo anal, mas não é indicado como o melhor lubrificante íntimo, pelo contrário. Pense sempre na sua saúde!
  • Use sempre produtos específicos para a região! Tudo bem usar um óleo de massagem com sabor para fazer um oral caprichado, mas, na hora da penetração, aposte no uso do lubrificante íntimo específico para esse fim.
  • Se for fazer sexo anal, não se esqueça do lubrificante! Como a região não produz lubrificação natural e é cheia de terminações nervosas, a falta do produto é capaz de machucar e romper esses vasinhos, ocasionando lesões e sangramentos.

Depois dessas dicas, você deve estar pensando: afinal, qual o melhor lubrificante íntimo? E a resposta é simples: o melhor lubrificante íntimo varia de acordo com o gosto pessoal e finalidade.

Independentemente da marca e composição, é indispensável que seja seguro para sua saúde! Seguindo nossas dicas, você pode ir testando para descobrir qual é o mais adequado para o seu caso.

E aí, curtiu nossas dicas? Para receber mais conteúdos relacionados, confira as postagens de nosso blog e continue acompanhando para receber mais dicas incríveis sobre sexo e relacionamento!

E, claro, visite o site da Dona Coelha – lá, você vai encontrar muitíssimos lubrificantes íntimos (de alta qualidade – vale ressaltar), e diversos produtos eróticos para garantir momentos de prazer, seja sozinha ou com o parceiro. Confira!

Receba nossos emails

CADASTRAR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, temos uma oferta especial para você!

GANHE 10% OFF

basta se inscrever na nossa newsletter
EU QUERO DESCONTO!

IMPORTANTE: Esta oferta é limitada e não irá se repetir!
Fechar ( X )

Nós  SUPERELA

Você que conheceu nosso site pelo Superela tem _DESCONTO  na sua primeira compra.
CADASTRAR
Oferta válida apenas para compras acima de R$ 100
close-link
Seu cadastro garante que será a primeira(o) a receber as ofertas de Black Friday.

Receba nossos emails

CADASTRAR
Descontos de Valentine's Day
Seu cadastro garante que será a primeira(o) a receber as ofertas do Valentine's Day.