Onde fica o clitóris? Bem-vinda à aula de anatomia da Dona Coelha

Por mais que seja algo natural do ser humano, falar sobre o órgão do prazer que fica na vulva ainda causa muito desconforto, né? Afinal, existem muitos tabus sobre o clitóris na nossa sociedade. Por isso, neste post, eu vou te ajudar a encontrar essa parte poderosa do nosso corpo: o clitóris!

Saber onde fica o clitóris é o primeiro passo na busca do autoconhecimento. Mas não basta apenas saber onde ele fica, também é preciso entender qual a sua função e como ele pode mudar a maneira de sentir prazer. E então, preparados para conhecer esse botão da felicidade? Acompanhe a leitura e descubra como esse órgão poderoso pode te deixar muito satisfeita e fazer você chegar ao orgasmo.

Afinal, onde fica o clitóris?

O clitóris faz parte da anatomia das vulvas, é um órgão exclusivo para proporcionar muito prazer sexual. Mas, infelizmente, ainda existe uma quantidade enorme de pessoas com vulva que não sabem onde fica o clitóris – o seu próprio órgão do prazer. Muitas por falta de autoconhecimento.

A glande do clitóris fica localizada na região superior da vulva, acima da uretra e abaixo da junção superior dos lábios internos, podendo ou não ser coberto por eles. Em regra, esse poderoso órgão responsável pelo orgasmo clitoriano, mede cerca de 9 cm em sua totalidade – tamanho de um pênis em repouso.

O clítoris inteiro não é só a pontinha que vemos, ele tem o corpo cavernoso, que são como perninhas ao lado e atrás dos lábios externos, tem a glande e o prepúcio – que é o botãozinho – e, por fim, tem a crura que a parte final da extensão do corpo cavernoso. Mas a glande, que é a parte visível, pode chegar a 2 cm. É importante lembrar que existem várias anatomias diferentes de vulva, o que pode dificultar a identificação dessas zonas erógenas por explicações de outras pessoas. Mas calma, eu vou te passar a dica infalível pra te ajudar a encontrar o seu clitóris:

Infográfico da vulva indicando suas partes e onde fica o clitóris

Como achar o clitóris? Confira o passo a passo!

Pra garantir que você consegua achar o seu clitóris com facilidade, confira o passo a passo que preparei:

  1. Pegue um espelho e sente de frente para ele com as pernas abertas;
  2. Puxe levemente aquela região onde ficam os pelos para cima;
  3. O botão logo no topo é a glande do clitóris;
  4. Em algumas vaginas ele fica um pouco mais escondido, se esse for o caso, levante a capinha ali encima;

Essa pontinha do iceberg pode ter tamanho de uma ervilha e fica mais visível quando está excitada, por isso, se estiver difíceis de achar, você pode buscar se excitar e encontrar o botão de forma mais fácil.

Qual a função desse órgão?

O clitóris tem uma única função: proporciona prazer! Essa região possui inúmeras terminações nervosas que, quando estimuladas, geram resposta sexual. A estimulação direta na glande clitoriana pode ser feita por você, ou seja, não precisa ficar na esperar da sua parceria te tocar para sentir a excitação desse pequeno botãozinho – tesão vai muito além de sexo! Confira aqui o nosso post com mais detalhes sobre tudo o que você precisa saber sobre o clitóris!

Qual a importância de exercitar o clitóris?

A ausência de estímulos na região pode deixar a sua glande atrofiada e flácida, podendo ser uma das causas da falta de orgasmo. Então, se você deseja melhora o seu prazer na hora do sexo, a dica é buscar o autoconhecimento, deixar a vergonha de lado e estimular esse órgão soberano.

Infográfico mostrando quais as regiões e seus nomes da vulva que são estimulados por um vibrador

Além disso, algumas práticas simples podem ajudar a fortalecer a região. A técnica do pompoarismo auxilia a potencializar o órgão e, é claro, os orgasmos. Se você quer saber mais, confira o nosso conteúdo sobre a arte de pompoar. Lá você vai encontrar várias dicas sobre essa prática, inclusive, quais os acessórios de pompoarismo você vai precisar para alcançar o ápice.

E se começar a sentir dor nessa região, você pode conferir o meu conteúdo sobre dor no clitóris para entender quando é necessário buscar um médico!

Alguns tabus sobre o clitóris

Pior do que não estar claro onde fica o clitóris, por muitos anos, o prazer e os desejos das pessoas com vulva eram reprimidos e desconhecidos. Esse órgão cheio de particularidades interessantes nem aparecia no sistema reprodutor feminino nas aulas de ensino sexual, e só começou a ser estudado no final dos anos 90. Muitas pesquisas sobre ele surgiram deste então.

Depois de muito estudo, chegou-se à conclusão de que o orgasmo também provém do clitóris. Mas, essa descoberta recente ainda é motivo de muito tabu na sociedade. Não é pra menos que, mesmo sendo estudado há 30 anos, ainda tem muita gente que não faz ideia do que é, pra que serve e nem como estimular. Os memes prevalecem brincando sobre como homens cis héteros não fazem ideia de onde achar esse botão e, infelizmente, muitas pessoas com vulva também não tem esse conhecimento.

Por isso, leia, pesquise, faça debates sobre a sexualidade feminina com maturidade e tenha uma vida sexual plena. Abra a sua mente e permita que o botãozinho do prazer faça parte da sua rotina!

Como estimular o clitóris? Confira dicas!

Apesar de ser um mistério muito comum, esse órgão do prazer pode ser estimulado de diferentes formas. Se você está em busca de se auto conhecer, deve ter algumas dúvidas que pairam na cabeça sobre essa prática deliciosa. Mas calma, não existe um jeito melhor de como estimular o clitóris, o que importa é se permitir e aproveitar essa anatomia do nosso corpo. Dito isso, aqui vão algumas dicas para você deslanchar no assunto sozinha ou em parceria!

  • Para entrar no clima, deixe sua imaginação fluir e os gatilhos sexuais desencadearem;
  • Explore toda região da vulva ao redor do clitóris;
  • O jeito mais prático de começar é usando as próprias mãos;
  • Considere o auxílio de um lubrificante;
  • Faça movimentos suavemente com a ponta dos dedos e mantenha a frequência;
  • Leve o tempo que precisar;
  • Brinquedos de estimulação clitoriana deixam o momento ainda mais gostoso;
  • Aposte nos estimuladores internos, afinal, eles podem estimular internamente o órgão do prazer.

Existem inúmeras formas de alcançar o orgasmo, então, experimente todas as possibilidades e descubra o que funciona melhor para você, por isso, confira as dicas completas que a equipe da Dona Coelha preparou para você no post de como estimular o clitóris. A minha dica pra você ter uma vida sexual muito mais prazerosa e ativa, é buscar conhecer o seu próprio corpo e diferentes interações sexuais. Esteja aberto pra todos os tipos de orgasmos e crie um novo olhar sobre o sexo.

E aí, gostou do assunto de hoje? Agora que você já sabe onde fica o clitóris, deixe a vergonha de lado e se entregue ao máximo do prazer! Chame a sua parceria e explore as diferentes formas de toque e desconstrua esse tabu.

2 comentários sobre “Onde fica o clitóris? Bem-vinda à aula de anatomia da Dona Coelha

  1. Lambasaia disse:

    Kkk veio pregar as crenças loucas ao falar de vagina, a sua deve estar sendo pouco usada pra se importar tanto com as crenças alheias.

    Ridículo, força a tese de que feminista só passa vergonha, é mal amada e dentro de religião não pode existir.

    Nojinho de você, mesmo tendo um site cheio de coisa legal e diversão

    • Dona Coelha disse:

      Antes de tudo, recomendo você fazer terapia. Pode ser muito bom para você!
      Você é homem?
      Você ataca quem escreve o texto, mas não tem coragem de mostrar quem é. Isso só mostra como é pertubado e desagradável, sem falar que em nenhum momento questionou algum ponto específico do texto, apenas de quem escreveu.
      Isso indica que seus problemas com a sexualidade feminina vão muito além.

      Por outro lado sou feminista sim, tenho muito orgulho disso, e tenho a certeza que sou amada por todos que me cercam.
      Não acredito que isso aconteça com você, mas mesmo com todo desrepeito, espero que sim.

      Religião, sexualidade e feminismo podem viver muito bem juntos. Só não tem espaço mesmo para o seu preconceito.

      Reforçando, faça terapia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

usamos cookies melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.