Estudantes usam Vibradores para protestar dentro da universidade

Estudantes usam Vibradores para protestar dentro da universidade

Estudantes da Universidade do Texas criaram usaram seus sex toys como uma forma de protesto inusitada contra uma nova lei que legaliza a posse de arma no campus.

A nova lei de porte de arma no estado do Texas, permite que qualquer estudante carregue dentro do campus da universidade uma arma. Algo que seria inimaginável aqui no Brasil e com certeza aumenta os riscos com a segurança de professores e alunos.

Para protestar contra essa nova lei, os estudantes e até alguns professoras que apoiaram o movimento encontraram uma forma bastante divertida, ao carregarem sex toys, em especial vibradores e dildos gigantes nas suas mochilas pelo campus.

O mais irônico é que eles podem ser presos por carregar vibradores e dildos em público. Este é um ato ilegal no estado, ao contrário do porte de armas.

#CocksNotGlocks

Cocks not Glocks

A campanha dos estudantes ganhou até um nome divertido Cocks not Glocks, algo como “Pênis não Pistolas”.

Embora o protesto seja contra as armas, os vibradores e dildos ganharam destaque. Uma das organizadoras do movimento disse:

“Nós estamos combatendo um absurdo com outro absurdo.”
Ana López

Um dos absurdos é que a venda de armas de fogo, que é um artefato perigoso e com um histórico triste dentro de escolas e universidades, é mais simples do que comprar um vibrador ou outro produto erótico.

Falar sobre sex toys ainda é algo que sofre preconceito. Até na internet que deveria ser uma território aberto a diálogo e educação sexual, existe uma censura pelo Instagram, Facebook e até o Google que colocam os produtos eróticos na mesma categoria de restrição junto com Drogas e Armas de Fogo.

Não existe argumento pró-armas que se sobreponha a ao movimento pró-sexualidade. Armas causam mal, já os sex toys, só causam coisas boas.

Alunos e professores juntos em protesto usando vibradores

Vibrador usado como uma forma de protesto por universitárias

Até agora o protesto tem sido um sucesso e atraindo a atenção da mídia. Segundo as organizadoras dos protestos, os estudantes – homens e mulheres – vão continuar carregando os seus vibradores até que que essa lei do porte de armas em universidades seja revista.

Apoiadas!

Receba nossos emails

CADASTRAR

Um comentário sobre “Estudantes usam Vibradores para protestar dentro da universidade

  1. marileide do nascimento ferreira disse:

    tudo de bom gostei da materia sobre sexo. O mundo e do sexo mesmo valeu.quando ojardim e bom a borboleta sempre volta. Beijos galera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Espere, temos uma oferta especial para você!

GANHE 10% OFF

basta se inscrever na nossa newsletter
EU QUERO DESCONTO!

IMPORTANTE: Esta oferta é limitada e não irá se repetir!
Fechar ( X )

Nós  SUPERELA

Você que conheceu nosso site pelo Superela tem _DESCONTO  na sua primeira compra.
CADASTRAR
Oferta válida apenas para compras acima de R$ 100
close-link
CADASTRAR
Seu cadastro garante que será a primeira(o) a receber as ofertas de Black Friday.

Receba nossos emails

CADASTRAR