Projeto Arbusto recruta mulheres contra a ditadura da depilação

 

Em um protesto contra a ditadura da beleza unilateral, a fotografa Alisa Connan em parceria com a agência de publicidade Mother de Londres resolveram recrutar mulheres com a proposta de tirar uma foto das suas vaginas. Esta série de fotos foi chamada de Project Bush, em livre tradução Projeto Arbusto.

O principal argumento do projeto é que a cultura da depilação e do padrão sem pelos, ficou tão popular que muitas mulheres não reconhecem que se trata de uma escolha.

Ao todo foram voluntárias a participar do projeto 93 mulheres. Sobre seus motivos para participar deste projeto, uma das participantes com 25 anos disse:

É uma sensação libertadora, diferente de qualquer coisa que eu tenha feito. Eu sou feminista e estas fotos foram meu jeito de contribuir para este debate. Tenho apenas 25 anos e muitas mulheres da minha idade nem sequer falam sobre o assunto.

Como resultado foi montado um painel com um mosaico das fotos das vaginas. A sensação ao ver o painel é de felicidade ao ver que todo mundo pode pensar diferente e mesmo assim serem lindas.

o-PROJECT-BUSH-570

E você o que acha? Também gostou? Concorda que cada uma tem que fazer do seu jeito? Escreva nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *